Connect with us

Milwaukee Bucks

Olhos no Larry O’Brien: Como podem os Bucks ganhar ou perder a batalha pelo título!

Os Milwaukee Bucks foram a melhor equipa na fase regular da temporada passada com 60 vitórias e 22 derrotas!

A equipa orientada por Mike Budenholzer pouco mudou para esta temporada, no entanto veremos mais abaixo, o porquê de serem candidatos, e também o porquê de poderem perder a batalha para a conquista do tão desejado troféu Larry O’Brien.

Porque é que eles vão ganhar o campeonato?

É simples – Giannis Antetokounmpo!

Giannis tem 24 anos, é o jogador mais valioso da NBA, e aparentemente apenas está a melhorar. Ele é um sistema defensivo por si só, um atletismo invejável, braços tão compridos que desarma qualquer base, domina em ambas as extremidades do campo, mas quando digo domina, digo que não há jogador na Liga que ele não “abafe” ou que simplesmente afunde em cima.

Os Bucks construíram a equipa em seu redor – Giannis possui uma habilidade singular em chegar ao cesto, penetrar qualquer defesa, e como se não bastasse, tem de apoio um conjunto de atiradores letais (dos melhores da Liga) que estão sempre prontos a encestar em qualquer lado do campo.

No ano passado, o técnico Mike Budenholzer e o front office promoveram um ambiente no qual os jogadores adotaram a especialização e uma divisão clara do trabalho, com sobreposição ou redundância mínima. Até da perda não insignificante de Malcolm Brogdon e de alguns pequenos ajustes nas margens (adeus Thon Maker e Tony Snell / olá Robin Lopez, Kyle Korver e Wes Matthews), este é o mesmo grupo de funcionários que venceu mais de 60 jogos na temporada regular. Mais do que qualquer outro concorrente, os Bucks sabem perfeitamente quem eles são, como querem operar e qual a eficácia do seu conjunto de habilidade simbióticas quando tocadas em conjunto com os seus principais organizadores.

Eles dispararam uma tonelada de triplos, têm uma autêntica gazela em transição de ponta a ponta do campo que é impossível parar, e na defesa usam o seu tamanho no interior e comprimento nas laterais de maneira a manter os seus adversários fora do pintado e forçando os adversário ao erro. De acordo com o Cleaning the Glass, os Bucks foram a equipa mais ousada a defender o aro na temporada passada em termos de volume e eficiência. Também lideraram confortávelmente a Liga em tentativas de “catch n’shot”, terminando também em segundo lugar em pontos marcados na área restrita.

A maior parte disto deve repetir-se. É fácil esquecer após um colapso frente aos Raptors nas Finais da Conferência Este, mas Eric Bledsoe foi um dos bases mais impactantes da Liga na última temporada – uma ameaça à pressão da bola que fez da primeira equipa totalmente defensiva e registou uma taxa incrível de 58.2% de acerto dentro da linha de 3’s. Brook Lopez oferece um autêntico muro de proteção na defesa e uma impressionante taxa de acerto de 3’s.

Os Bucks podem ter pago um pouco demais por Khris Middleton, mas não vamos deixar com que o salário dele nos distraia do seu conjuntmo de habilidades e de como o seu encaixe com Giannis é quase perfeito. Novamente, a perda de Brogdon vai doer, e nem tudo o que ele faz foi substituído, mas Milwaukee pelo menos encontrou uma maneira de replicar o seu tiro pontual adicionando Matthews e especialmente Korver (o último dos quais injetará um novo elemento de playoffs).

Os Milwaukee Bucks podem não ter melhorado durante o verão, mas não precisou necessariamente de melhorar para conquistar o título. Estiveram muito perto na temporada passada, e a Conferência Este piorou, com os 76ers a ser o seu único obstáculo sério. Grande parte das equipas do Este sofreram algumas alterações e ainda é tudo muito teórico.

Porque é que eles não vão ganhar o campeonato?

Á primeira vista, o plantel parece demasiado curto. O que acontece se Bledsoe tem uma quebra como aconteceu na pós-temporada do ano passado? Por que deveríamos de esperar que George Hill seja o jogador que foi no passado mês de Maio, e não o jogador que ele foi nos últimos 2 anos? E Matthews, cujo o seu rendimento tem ido para o caminho errado desde que ronpeu o tendão de Aquiles há quatro anos? Korver vai fazer 39 anos na próxima primavera – aguentará os Playoffs?

Deve haver também a preocupação sobre a capacidade de Brook Lopez igualar o desempenho da temporada passada, considerando o quão desastroso foi a sua prestação na equipa USA este verão no campeonato do mundo FIBA.

Talvez o mais preocupante seja o fato de os Philadelphia 76ers terem pessoal capaz de reprimir a ofensiva dos Bucks, da mesmo forma que fez a equipa de Toronto: homens com tamanho e velocidade suficiente para controlar (“anular”) Giannis no ataque e criar um muro intransponível na defesa de maneira a que o fortíssimo grego sinta dificuldades em atacar o cesto. Os Bucks vão precisar de mais variabilidade no seu jogo, mais que na temporada passada, onde as restantes 29 equipas analisaram todos os seus modelos de jogo de forma a anular a ponta da seta. Eles precisam de ter mais confiança no seu jogo de pick n’roll – o que pode ser um desafio, já que Middleton é o único jogador que pode executá-los de forma consistente com a ameaça de um jumper.

Além disso, os Bucks estão sob o controlo de uma maneira que poucas outras equipas estão. A temporada passada foi  um grande avanço e, apesar de ter ficado aquém nas Finais, foi uma grande avanço em comparação aos últimos anos. Esta temporada é diferente pois já mostraram que podem dominar a temporada regular, coisa que ainda não conseguiram nos Playoffs. Giannis está a uma temporada de chegar a agente livre sem restrições e ser elegível para assinar uma extensão super-max. A escolha de um destes caminhos dependerá do quão longe os Milwaukee Bucks vão nos Playoffs de 2020.

Os Bucks podem ter uma oportunidade apenas de conquistar o troféu, que é já esta temporada. Pois não há dúvidas que todo o jogo da equipa de Milwaukee gira em torno do Greek Freak, e a continuidade dele dependerá certamente da prestação dos Bucks nesta temporada.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Segue-nos no Facebook

More in Milwaukee Bucks